sexta-feira, 10 de agosto de 2012

goza mais.


Meu filho, espero que continues um "ser humano menos perfeito", um "arrogante", e que não te resignes à narrativa oficial e bem pensante do "preto humildezinho e respeitador". E se conseguires indignar esquerdalhos, melhor ainda.