quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Jack Palance...


... em Panic in the Streets, do Kazan. Desglamourização até ao possível da figura do "vilão". Com "forte presença" e repleto de manigâncias psicológicas, mas oportunista, cobarde e ignorante do que o rodeia. No fim, é uma barata acossada e tonta a fugir das autoridades. Estaria bem num filme do monóculo Lang.