domingo, 28 de fevereiro de 2021

Mais 20 obras-primas.





Samara Weaving, Emylin Alyn Lind, Bella Thorne, Lesli Bibb, The Babysitter, McG

Filme: 1/5 ( Um filme de 2017. Repleto de citações e piscar de olhos à cultura pop cinematográfica dos anos 70, 80 e 90. Debitadas maquinalmente por adolescentes e jovens adultos. É um filme do McG. Nem o humor racialmente regressivo e sexista (para 2021, claro está) nos afaga a alma)






Jenna Ortega, Leslie Bibb, Bella Thorne, Emylin Alyn Lind, Samara Weaving, The Babysitter: Killer Queen, McG

Filme: 0/5 (substituir "2017" por "2020")



Ruth Warrick, Dorothy Comingore, Citizen Kane, Orson Welles

Filme: 5/5




Lilly Collins, Amanda Seyfried, Tupence Middleton, Mank, David Fincher

Filme: 1/5 (Imagem mental projectada por este filme: um homem de 1.61m, 175 kilos, a suar como um porco, cheio de brilhantina no cabelo, munido de apertadíssimo fato domingueiro e com os botões do casaco quase a rebentarem. A caminho da missa, num dia de 45º à sombra)


Patricia Neal, The Fountainhead, King Vidor

Filme: 50000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000/5 (Manifestar apreço por este filme (ou pelo livro) numa madrassa pol plotiana norte-americana (aka Universidades da Califórnia, de Nova Iorque e do Illinois) está já quase ao nível de um cidadão soviético, em 1963, ter bebido uma Coca-Cola e nem ter achado assim tão mau)


Stacy Edwards, In the Company of Men, Neil LaBute

Filme: 4/5



Franziska Walser, Katja Rupé, Deutschland im Herbst, R. W. Fassbinder, Alf Brustellin, Hans Peter Cloos, Alexander Kluge, Maximiliane Mainka, Edgar Reitz, Katja Rupé, Volker Schlondorff, Peter Schubert & Bernhard Sinkel

Filme: 3/5 (RAF: Rote Armee Fraktion, grupo de serial killers, ladrões, sociopatas, parasitas. Membros principais/célebres: Andreas Baader, Gudrun Ensslin, Horst Mahler e Ulrike Meinhof. Caução e disfarce para os seus actos de ladroáge, assassínio, rapto e demais vilanias: pertença a um grupo maoísta, marxista-leninista e anti-imperialista que quer mudar a sociedade (só rir, esta juventude). Principal defeito: ter existido. Principal qualidade: a Gudrun Ensslin e a Ulrike Meinhof não pareciam ser más de todo para foder)



Sanaa Lathan, Eva Mendes, Out of Time, Carl Franklin

Filme: 3/5 (Um thriller multiracial e multiétnico. Já deste século. Sem vestígio algum de auto-vitimização e de cardápio "social". Uma pepita)

domingo, 21 de fevereiro de 2021

Mais 18 obras-primas.


A Noiva e a Dama de Honor, The Birth of Magellan: Cadenza I, Hollis Frampton

Filme: Algures entre -7500 (que é o que vale a sua curta Maxwell's Demon) a +7500 (que é o que vale a sua curta Lemon)/5


Geena Davis, Knight Rider: Season 2, Episode 7, Jeffrey Hayden




Jena Sims, Alora Catherine Smith, Bianca Brigitte Van Damme, Fury of the Fist and the Golden Fleece, Alexander Wraith

Filme: Sem nota (não se aguentou nem metade. O problema de se tentar fazer propositadamente mau cinema é que é preciso genuíno talento para se ser medíocre sem exasperar)



Courtney Halverson, Sabrina Kern, St. Agatha, Darren Lynn Bousman

Filme: 0/5 (Freiras na cultura popular dos últimos trinta anos: ou como formosas jovens a mamarem devassos e pecaminosos vigários em filmes porno, ou como entidades maléficas em filmes "do terror")


Barbara Bel Geddes, Panic in the Streets, Elia Kazan

Filme: 4/5


Aiste Dirziute, Julija Steponaityte, The Summer of Sangaile, Alante Kavaite

Filme: 2/5 ( Uma relação apaixonada  entre duas belíssimas moçoilas com não menos bonitos pores do sol a acompanhar. E belíssimas espigas iluminadas pelos bonitos pores do sol. Como diria o saudoso Sérgio Santos: "muito bonito". Os "Cahiers" também acharam toda esta beleza irresistível, já que o escolheram como um dos filmes do ano de 2015)



Joan Allen, Nina Siemaszko, Tucker: The Man and His Dream, Francis Coppola

Filme: 4/5 (Serve como complemento ao The Car of Tomorrow, do Tex Avery)


Jean Harlow, Hell's Angels, Howard Hughes

Filme: 4/5 (sequências de aviação: 4500/5. Vantagens de se ser milionário: ter uma sala privativa de cinema para ver esta glória, sem a "cumplicidade da comunidade cinematogáfica" a menos de 650 klms)







Amy Sloan, Josie Maran, Gwen Stefani, Cate Blanchett, Kelli Garner, Kate Beckinsale, The Aviator, Martin Scorsese

Filme: 4/5 (-Papá...; -Diz filho!; - Papá..continuo a gostar dos filmes do Scorsese...PAPÁ!!! !PAPÁ!!! MAMÃ, telefona já para o INEM!! O Papá desfaleceu!!)

domingo, 14 de fevereiro de 2021

Mais 15 obras-primas.


Britney Spears, Crazy 2 Tour (Hawaii, 24/04/2000)

Concertos de Britney Spears entre finais de 1998 e finais de 2000: bombardeamento massivo, insidioso e impiedoso de motivos sexuais para plateias (diligentemente providenciadas por atenciosos papás) cuja média de idades estaria entre os 10 e os 16 anos. Obrigado, mundo capitalista. 


Diane Lane, A Little Romance, George Roy Hill

Filme: 2/5 (Dez coisas aberrantes que eu faria pela Diane Lane: 1) sair de casa antes de ser vacinado 2) ir a um concerto do António Zambujo 3) ir a um festival de cinema vegan (existe) 4) não comer carne durante duas semanas 5) não insultar o Conceição em qualquer jogo do FCP durante cinco jogos seguidos 6) votar PCP 7) deixar de ter vontade de vomitar sempre que ouço o Pedro Nuno Santos 8) aguentar metade de um filme do Baumbach 9) estar a menos de três metros da Maria João Marques e não imaginar quão belas seriam umas molas nos seus mamilos 10) não escrever nenhum dos nove pontos anteriores)



Mary Stuart Masterson & Anjelica Huston, Lonette McKee, Gardens of Stone, Francis Coppola

Filme: 2/5 (a escabrosa banda sonora do Carmine Coppola arruína o filme)



Yukie Nakama, Asumi Miwa, Love & Pop, Hideaki Anno

Filme: 1/5 ( Quando é que a cultura sexual japonesa se torna Património Imaterial da Humanidade? Quanto ao filme, além da curiosidade "histórica-espacial-temática" (finais dos anos 90/Tóquio/tentações do consumismo), é o videoclip do Smack My Bitch Up esticado por quase duas horas. Jesus Cristo)



Brigitte Nielsen, Talia Shire, Rocky IV, Sylvester Stallone

Filme: 5/5 (A obra-prima da Admnistração Reagan. E o melhor filme que a MTV não fez. Em retrospectiva, a única mácula neste rigoroso estudo geopolítico é o tratamento injusto dado ao grandioso Gorbachev. Contudo, mesmo essa nódoa compreende-se, já que quando esta análise certeira das relações Oeste/Este esteve em produção (Verão e Outono de 1985), o melhor comunista de todos os tempos estava há escassos meses como líder da URSS, e os ventos da Glasnost e da Perestroika ainda sopravam baixinho. Relembremos que em 1985 a URSS ainda era o "Império do Mal", e o Stallone não podia adivinhar como as cousas ocorreriam na meia dúzia de anos seguintes. Vocês, também...)



Juliet Berto, Anne Wiazemsky, La Chinoise, JLG

Filme: 5/5 (Querido (a) pai /mamã: tem apanhado amiúde o seu filho a dizer as seguintes palavras ou expressões: "reação", "burguesia", "sentimento de classe", "centralismo democrático", "revisionistas do caralho", "sociais-fascistas" ou "Rosa Luxemburgo"? Pior, apanhou a sua filha (e é com apertos lacrimais que imaginamos o terror que terá sentido perante tamanho cenário de horror...) a masturbar-se com uma baguete dura de cinco dias enquanto via fotos do João Ferreira no Avante!? Perigo! Podeis estar na presença da transformação dos seus rebentos em "Antifas", uma doença gravíssima do foro psicológico que já ceifou o juízo a munto boa gente nacional e internacional. Mas não desespere: coloque o seu filho e/ou filha -mesmo contra as suas vontades, se for preciso- a verem a conversa no comboio entre Anne Wiazemsky e Francis Jeanson no filme La Chinoise. Se isso não resultar, acho que só lhe resta mesmo arranjar uma estaca e um martelo)


Song Seon-mi & Kim Min-hee, Hotel by the River, Hong Sang-soo

Filme: 4/5




Cherie Chung, Brigitte Lin, Sally Yeh, Peking Opera Blues, Tsui Hark

Filme: 5/5 (Hong Kong Cinema: R.I.P.)


Deborah Kara Unger, The Game, David Fincher

Filme: 4/5