quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Mais 47 obras-primas.


Livia Genise, Hill Street Blues: Season 2, Episode 6, Randa Haines

"And HEY, HEY!!...Let's be careful out there!"


Japanese girls by the House, Japanese American Communities, Sensho Sasaki

Filme: 2/5 (Altamente provável que, uma década depois, se encontrassem a habitar o "civilizado" campo de concentração de Manzanar)



Marie Rivière, Laure Calamy, Antoinette dans les Cévennes, Caroligne Vignal

Filme: 1/5 (Mais "smpático" naturalismo francês)



Julia Roberts, Laura San Giacomo, Pretty Woman, Garry Marshall

Filme: 4/5 (O "homem frio" de negócios alimenta-se da "humanidade " da "puta de bom coração", que por sua vez alcança um nível social e um recheio joalheiro através dos ofícios do "homem frio" de negócios. Uma junção de uma harmonia perfeita que se poderá designar como "Capitalismo de Rosto Humano". Julia Roberts esplendorosa de traquinice, anos antes de se tornar numa mais entediante "grande dama" do cinema de Hollywood)




Inês de Medeiros & Fejria Deliba, Nathalie Richard, Bulle Ogier, La bande des quatre, Jacques Rivette

Filme: 4/5 (Camarada Jerónimo sem contemplações, arriscando em Almada com todo o seu arsenal ofensivo, aka Dores Meira. Esperemos que Inês resista aos avanços do inimigo, e parta para mais quatro anos de mandato, para assim continuarmos a enviar mensagens do teor "actriz do Rivette e do Costa na tv")





Lauren Tsai & Hadley Robinson, Josephine Langford, Sabrina Haskett, Marcia Gay Harden, Moxie, Amy Poehler

Filme: -700000000/0 (No caso do seu namorado ser um cuck desalmado, aconselhamos a jovem a fazer uma noite especial, em que para  além do momento solene em que fode com o seu vizinho camionista- à frente do seu namorado, claro-, também fará uma double bill com Moxie e Promising Young Woman. No fim, pedir-lhe-à que espete uma vassoura no rabo enquanto a jovem, poída de tanto prazer com o vizinho, apoia os pés nas costas do namorado ao mesmo tempo que come morangos e vê na tv um momento de comédia protagonizado pela Amy Poehler e a Tina Fey. E a Amy Schumer.)


Elizabeth Threatt, The Big Sky, Howard Hawks

Filme: 50 Mil Milhões/5 

Potencial ofensivo para snowflakes: 50 Mil Milhões/5


Irena Laskowska, Ostatni dzien lata, Tadeusz Konwicki

Filme: 4/5





Niñas de la escuela, Ita Larrinaga, Galilea Montijo, Claudia Zepeda, Perras, Guillermo Ríos

Filme: 2/5 ("They (ndr: mulheres) are worse! They're much worse than us, they talk about everything! Couldn't you at least tell her about the shrinkage factor?"- George Costanza, Seinfeld, episódio "The Hamptons", da Série 5) 













Joey Lauren Adams diz a Jason London que logo à noite vai haver festa, Michelle Burke, Renée Zellweger e amiguinhas iniciam ritual de "integração de novos alunos", novas alunas a integrarem-se no espírito colectivo da escola, lourinha é deixada ao abandono num bar, Marissa Ribisi, Milla Jovovich, Catherine Avril Morris, Parker Posey, Deena Martin, Christine Harnos, Christine Hinojosa, Dazed and Confused, Richard Linklater

Filme: 2/5 (Um filme sobre um determinado período num determinado espaço nos anos setenta apreendido pela perspectiva dos anos noventa. Diz mais sobre o cinema "independente" dos segundos do que sobre a existência social-escolar dos primeiros. Duplo ranço nostálgico. Melhores personagens de sempre do Matthew McCnaughey e do Ben Affleck.)






Barbara Wilkin, Nadine Ballot, Micheline Dax, Joanna Schimkus, Stéphane Audran, Paris vu par..., Jean Douchet/Jean Rouch/Jean-Daniel Pollet/Eric Rohmer/Jean-Luc Godard/Claude Chabrol

Curta do Jean Douchet: 3/5
Curta do Jean Rouch: 4/5
Curta do Jean-Daniel Pollet: 4/5
Curta do Eric Rohmer: 2/5
Curta do Jean-Luc Godard: 3/5
Curta do Claude Chabrol: 3/5

Pequeno-Almoço na curta do Jean Rouch: 5/5
Jantar na curta do Jean-Daniel Pollet: 5/5
Diversas refeições na curta do Claude Chabrol: 5/5





Rachel McAdams, Alexandra Holden, Anna Faris, Melora Hardin, The Hot Chick, Tom Brady

Filme: 3/5 (O Rob Schneider tem duas qualidades: uma, era amigo do Norman Macdonald; a outra, é a exibição bastante orgulhosa de um retardamento emocional que faz passar o Adam Sandler por um ser humano suportável. Uma pessoa ri da própria estupidez do acto de estar a rir do atraso mental do Rob. A juntar a isto, e como estamos num filme de 2002, há vagas gigantescas de humor escatológico, imbecil, e que faz do mau gosto um acto de lei na pedra, embora sem chegar ás alturas da sofisticação merdosa da "obra-prima" Deuce Bigalow, uma espécie de bootleg amadora dos filmes dos Farrely da altura.)



María Valverde, Fabrizia Sacchi, Melissa P., Luca Guadagnino

Filme: 2/5 (Primeiro e único filme suportável do italiano. Devia ter-se mantido neste registo sex-exploitation a meio caminho entre um Adrian Lyne babão e um Ken Russel de câmara e edição todas escavacadas. Com certeza que não estaria agora no top-20 de piores realizadores do mundo- encabeçado pelos irmãos Safdie.)




Tatum Dagelet, Monique van de Ven, Leontine Ruiters, Amsterdamned, Dick Maas

Filme: 3/5 (Giallo nos canais de Amesterdão. Deliciosas montanhas de clichés- o polícia em conflito com o chefe, o polícia a beber álcool logo de manhã, o polícia ranhoso que consegue para si uma milady, o presidente da câmara receoso do que tantos crimes podem fazer ao turismo da cidade- envoltas na melhor perseguição de sempre de dois speedboats, sim, ainda superior à do Face/Off)



Angela Lansbury, Donna Reed, The Picture of Dorian Grey, Albert Lewin

Filme: 3/5

sábado, 28 de agosto de 2021

Se o conhecesse ter-lhe-ia dito que para algumas pessoas o esquecimento é o mais difícil dos exercícios pois se nutrem da memória e só na revisão do já vivido encontram um sentido que as satisfaça.

in O Fulgor Instável das Magnólias, Ivone Mendes da Silva

sábado, 21 de agosto de 2021

Mais quadros cinematográficos pertencentes a diversas correntes figurativas.


Rosa Maria, Maria do Mar, José Leitão de Barros

Filme: 5/5 (Os barcos-miniatura comprados na Nazaré, há cousa de trinta e cinco anos, continuam intactos e prontos para a faina)


Munina e Munino brincam aos casamentos, numa cena bastante verosímil, La Poison, Sacha Guitry

Filme: 5/5



Chiara D' Anna, Sidse Babett Knudsen, The Duke of Burgundy, Peter Strickland

Filme: 3/5 (O Peter Strickland é um taradão de primeira apanha. Cada fodinha que ele deve dar será com certeza um ritual litúrgico, com recurso a cruzes, meias de ligas, corpetes, pneus e pastéis de nata. Mas aconselhamos menos incursões "oníricas" lynchianas nos seus filmes) 





Fatma Mohamed, Marianne Jean-Baptiste, Caroline Catz, Hayley Squires, In Fabric, Peter Strickland

Filme: 2/5




    Cate Blanchett, Rooney Mara, Sarah Paulson, Carol, Todd Haynes

Filme: 4/5


Meninas prontas para mais uma sessão de educação sentimental, Salò o le 120 giornate di Sodoma, Pier Paolo Pasolini

Filme: 5/5




Jasmine Trinca, Hanna Schygulla, Awa Ly, Fortunata, Sergio Castellitto

Filme: 1/5 (É um conjunto de imagens a 24 segundos e que inclui a Jasmine Trinca e a Hanna Schygulla. Nada mais para saber)



Philippine Velge, Valeria Bruni Tedeschi analisando os atributos de Félix Lefebvre, Été 1985, François Ozon

Filme: 1/5 (Naturalismo francês. Encolher de ombros)



Zoe Arnau & Andrea Fandos, Natalia de Molina, Las niñas, Pilar Palomero

Filme: 1/5 (Naturalismo espanhol. Encolher de ombros)



Sadie Frost & Winona Ryder, Monica Bellucci, Dracula, Francis Ford Coppola

Filme: 3/5 (Já foi um filme "cinco estrelas". Cada nova revisão vai desgastando a admiração)



Lizabeth Scott, Jane Wyatt, Pitfall, André de Toth

Filme: 3/5


Caroline Cellier, Que la bête meure, Claude Chabrol

Filme: 5/5


Jovens que só se encontram em sonhos cinematográficos, The Land Beyond the Sunset, Harold M. Shaw

Filme: 5/5




Anna Massey, Barbara Leigh-Hunt, Billie Whitelaw, Frenzy, Alfred Hitchcock

Filme: 5/5






Katharine Towne, Elizabeth Lackey, Melissa George, Rebekah del Rio, Naomi Watts & Laura Harring, Mulholand Dr., David Lynch

Filme: 5/5






Krista Sutton & Cara Seymour, Samantha Mathis, Chloe Sevigny, Guinevere Turner, Reese Whiterspoon, American Psycho, Mary Harron

Filme: 5/5



Jane Wyatt, Lisa Howard, The Man Who Cheated Himself, Felix E. Feist

Filme: 4/5



Marley Shelton, Karen Allen, The Sandlot, David M. Evans

Filme: 2/5




Kaoru Kaze, Usagi Asô, Miki YamajiAbnormal Family, Masayuki Suô

Filme: 2/5 (Versão "japanese AV idol" do Tokyo Story)


Uma Thurman, Gattaca, Andrew Niccol

Filme: 3/5


Hanna Schygulla, Die Ehe der Maria Braun, R.W. Fassbinder

Filme: 4/5 


Barbara Payton, Trapped, Richard Fleischer

Filme: 3/5 (O Lloyd Bridges era credível tanto como escroque sem remorsos em "noirs" como pantomineiro non-sense nos filmes dos ZAZ e companhia)


Kathleen McDermott & Samantha Morton, Morvern Callar, Lynne Ramsay

Filme: 1/5 (Câmara-Parkinson)


Tilda Swinton, The Human Voice, Pedro Almodóvar

Filme: 1/5 (Festival de verborreia sem freio)




Valérie Kaprisky, Betty Azenza, Caroline Cellier, L'année des méduses, Christopher Frank

Filme: 3/5 (É como se tivessem entregue um guião do Rohmer ao Zalman King. E entre 1983 e 1985 existiram pessoas que juraram por tudo o que há de mais sagrado que conseguiram ver a Valérie Kaprisky com roupa)


Maika Monroe, TAU, Federico D'Alessandro

Filme: 1/5




Ji-won Uhm, menina-ovni, Seung-ah Lee, Geuk jang jeon, Hong Sang-Soo

Filme: 5/5



Irmãs Lopez, María Moreno, El sol del membrillo, Víctor Erice

Filme: 5/5 (Os primeiros quinze minutos deste filme já constituiriam, em si, a provavelmente melhor curta-metragem da "história do cinema". Mas as autoridades incompetentes decerto que classificariam todo o processo como "não pertinente")


Katerine Savard, Nadia Butterfly, Pascal Plante

Filme: 3/5 (Um filme rodado em 2019, pré-pandemia, e que projecciona uns Jogos Olímpicos de 2020 de ficção científica, com público, sem máscaras, sem distanciamento social, e com festivais internacionais de cinema a decorrer. Visto em plena competição, a aura bizarra é ainda mais reforçada)


Shailene Woodley, Adrift, Baltasar Kormakúr

Filme: 1/5 (Até um tipo islandês faz filmes em Hollywood)


Maj-Britt Nilsson, Sommarlek, Ingmar Bergman

Filme: 4/5




Dallas Cowboys Girl, Suzanne Mitchell ( the big boss), Dallas Cowboys Girls circa 1979, Daughters of  the Sexual Revolution, Dana Adam Shapiro

Filme: 4/5 (As Dallas Cowboys Cheerleaders ainda existem, em pleno 2021. Chamada de atenção à Isabel Moreira)



Brooke Shields, Susan Sarandon, Pretty Baby, Louis Malle

Filme: 3/5 (Quarenta anos depois, a Brooke Shields continua sem arrependimentos das cenas de total nudez em Pretty Baby, isto apesar de na altura ter apenas doze anos. Estas pessoas que não têm vergonha do seu corpo, da sua exposição e do seu passado merecem da parte deste blogo os mais sinceros lamentos. E foi pena o Glauber Rocha não ter concretizado o arraial de porrada que prometeu ao Louis Malle, no Festival de Veneza de 1980. Há limites que não se ultrapassam, mesmo em nome de supostos valores artísticos. Assim não, senhor Louis)





Muninas romenas de ginástica, em nome do camarada Ceausescu, Julianne McNamara, Ulrike Meyfarth, primeira campeã olímpica no salto em altura acima dos 2,00 m, Rebecca Twig, medalha de prata na prova de ciclismo feminina, 16 Days of Glory, Bud Greenspan

Filme: 5/5 (Jogos Olímpicos de 1984, os primeiros de que nos recordamos, com a maratona do Carlos Lopes a ser vista de madrugada por entre bocejos e copos de leite com Cola Cao. Os Jogos do boicote do Bloco Leste europeu (à excepção dos "traidores" romenos e jugoslavos), os Jogos onde os chineses ganharam o primeiro ouro olímpico e começaram a tornar-se ameaça também desportiva, os Jogos da "revolução" vídeo. 16 Days of Glory transforma um punhado de provas em longas sequências de asfixiante ansiedade, mesmo que entretanto vá à Wikipedia saber quem ganhou)



Adèle Haenel & Pauline Acquart, Alice de Lencquesaing, Naissance des pieuvres, Céline Sciamma

Filme: 3/5 (A Céline Sciamma mal vê um homem a menos de quinze metros começa a gritar "foda-se o patriarcado", "privilégio masculino", "misoginia estrutural", "Padeira de Aljubarrota", "transfobia", etc)



Carole Brana, Nadia Chibani & Lise Bellynck, À l'aventure, Jean-Claude Brisseau

Filme: 4/5 "Somos todos fetichistas". O Brisseau foi-se. Alguém que nos salve da escumalha woke do Letterboxd, do The New York Times, da Academia de Hollywood, da CNN, das Universidades e das hordas babosas-nos-cantos-da-boca das redes "sociales")


Barbara Luna, Che!, Richard Fleischer

Filme: 4/5 (Um filme que tem potencial para ofender um diverso grupo de pessoas (comunas, fachos, feminazis, decoradores de interiores e demais criaturas do "bom gosto") nunca poderá ser menos do que imprescindível)

Filme: 4/5



Monica Potter, Rachel Ticotin, Con Air, Simon West

Filme: 4/5 (Juntamente com o Mars Attacks!, o outro filme de 1997 em que as estrelas encheram os bolsos de maços de notas enquanto dinamitavam a própria imagem. Há filmes do Tex Avery que ao pé disto são sóbrios dramas de câmara. E nunca li ninguém perguntar ao Malkovich como é que foi filmar, num intervalo de um ano e picos, com o Oliveira, o Antonioni e o Simon West)



Sofia Alves, Oksana Tkach, O Fim da Inocência, Joaquim Leitão

Filme: 0/5 (Quim Leitão. Eli Roth. Robert Rodriguez. Michael Bay. Podem realizar os piores filmes desta e de outras galáxias (o Rodriguez e o Bay já lá estiveram perto) que jamais nos deixarão de divertir. Medalhas de Mérito para todos)


Charlotte Alexandra, Une vraie jeune fille, Catherine Breillat

Filme: 2/5 (Tem uma silencioso lanche familiar tipicamente francês (o lanche, não o silêncio) de bela qualidade desconforável. E a cabeça de uma galinha a ser cortada, ritual que nos trouxe boas memórias e não menos recordações de apetitosas canjas. O resto são devaneios sexuais da Catherine Breillat, ora risíveis ora vomitantes, jamais excitantes. Mas antes assim que ver um filme da Greta Gerwig)